banco de sangue
blog

09/12/2020

Banco de Sangue Coleta Plasma Convalescente de pacientes curados do coronavírus

Visualizações: 839

Oportunidade de cura para pacientes que enfrentam o vírus

O plasma convalescente (plasma sanguíneo coletado de pacientes que já apresentaram infecção por COVID 19) configura uma das terapias de suporte para pacientes graves infectados pelo novo coronavírus uma vez que contem anticorpos contra o vírus. Os anticorpos do doador de plasma auxiliam o paciente infectado que ainda não desenvolveu os seus próprios anticorpos. Em decorrência do expressivo aumento do número de casos de COVID-19 que estamos vivenciando, o Banco de Sangue de Caxias do Sul, que fornece esse tratamento para hospitais de toda a região e tem enfrentado o desafio de manter o estoque desse produto para atender a demanda crescente no Estado do RS.
Há fortes evidencias de que o uso precoce nos paciente graves  traz maior  benefício e por este motivo ter um estoque mínimo é o grande objetivo. “Estamos enfrentado o desafio diário de envio de plasma convalescente para vários Hospitais do nosso Estado que, dependendo da localidade, a logística é feita inclusive de avião para o atendimento com a maior agilidade possível, refere Dr. Tiago Daltoé Diretor Técnico do Banco de Sangue.
O médico, ressalta ainda o fato de que é necessária avaliação prévia dos potenciais doadores de plasma convalescente, uma vez que nem todas as pessoas que foram infectadas desenvolvem anticorpos em quantidade suficiente para que seja feita a doação.

Quem pode doar:
- homens entre 18 e 60 anos
- mulheres entre 18 e 60 anos que não tenham tido nenhuma gestação
- ter tido infecção por COVID 19
- estar há 30 dias sem sintomas ou ter tido alta médica
- portar um exame comprobatório da infecção

Roberto Carlos dos Santos, tem 54 anos, mora em Caxias do Sul e infelizmente testou positivo para o novo coronavírus. A notícia boa é que ele está curado e procurou o Banco de Sangue, espontaneamente, para ajudar pacientes em situação grave, que encontraram na transfusão de plasma uma oportunidade de recuperação e esperança de vida.

Nesta Pandemia, enquanto esperamos pela vacina, precisamos ajudar quem está doente. E muitas pessoas que nunca pensaram em doar sangue tem mais um motivo para abraçar esta causa.
Neste momento, é fundamental que possamos contar com toda a ajuda possível. Se você passou pela infecção da covid 19 e se recuperou venha nos ajudar.
Se você se encaixa nesses critérios faça contato com o Banco de Sangue ou compareça na Instituição.
Rua Garibaldi 476, 1° andar. Telefones 30278600 / 991134710 ambos WhatsApp.

22/09/2017

Transfusões de Sangue

Visualizações: 1788

 

O Banco de Sangue de Caxias do Sul também realiza transfusões. Os casos mais comuns da necessidade de transfusão são quando o paciente esta em tratamento quimioterápico, em situações de internações em unidades intensivas  ou após grandes cirurgia. São duas as modalidades de transfusão de sangue realizadas pelo Banco.

Transfusão Intra-Hospitalar
Os hospitais de Caxias do Sul possuem cinco Agências Transfusionais com equipes do Banco de Sangue, onde são realizadas as transfusões intra-hospitalares. As equipes de profissionais que atuam nessas agências são capacitadas para realizarem os processos complexos que envolvem a transfusão de sangue. Isso garante a qualidade e segurança  do processo hemoterapico, desde a coleta até a transfusão.

Transfusão Ambulatorial
Existem casos de transfusão de sangue onde o paciente não tem a necessidade de ser internado em hospital. Nesse caso, o processo é realizado no ambulatório do próprio Banco de Sangue, com total segurança. Para que as transfusões ambulatoriais aconteçam, o paciente deve ter solicitação  médica e preferencialmente devera ter  agendamento prévio. Não são atendidas urgências no ambulatório.

22/09/2017

Sangria

Visualizações: 20777

A sangria terapêutica é um processo pelo qual é retirada uma quantidade de sangue do paciente( entre 400- 500 ml), com a finalidade de retirar algumas substancias do organismo. O principal objetivo é moderar o aumento da viscosidade sanguínea nas eritrocitoses (aumento das células vermelhas do sangue) e reduzir o conteúdo total de ferro nas situações de acúmulo de ferro hereditário (hemocromatose).
O procedimento é bastante simples e muito seguro, o sangue retirado é descartado demora em torno de 15 minutos O numero total de  sangrias e o intervalo entre elas variam conforme o paciente e sua necessidade e será definido pelo medico.
Como este procedimento visa o tratamento , não pode ser utilizado para doação de sangue.

22/09/2017

Quem pode doar sangue?

Visualizações: 1958

 

Para fazer a doação de sangue, o doador deve se encaixar em alguns pré-requisitos:
- Estar bem de saúde;
- Ter idade entre 16 e 69 anos (doadores de 16 e 17 anos podem realizar a doação com consentimento formal do responsável legal);
- Pesar no minimo 50 kg;
- Estar bem alimentado;
- Ter uma boa veia.
É sempre necessário também que o doador apresente documento oficial com foto (RG carteira de habilitação)

Necessitam avaliação da equipe de triagem:
- Intervenções cirúrgicas no último ano;
- Uso de medicamentos em menos de 15 dias ou contínuos;
- Realização de procedimentos dentários;
- Uso de piercing.
Além disso, todos os  candidatos à doação serão submetido a uma entrevista com profissional de saúde para avaliar as condições para prosseguir a doação.

22/09/2017

Quem não pode doar sangue

Visualizações: 2586

A doação de sangue não é permitida para quem:

- Doou sangue em menos de 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres);
- Estiver gripado. É preciso aguardar 15 dias após o término dos sintomas;
- Realizou tatuagem ou maquiagem definitiva em menos de 12 meses;
- Fez alguma vacina em menos de 30 dias;
- Realizou endoscopia ou colonoscopia em menos de 6 meses.
- faz uso de drogas ou tem múltiplos parceiros sexuais sem uso de preservativo

Topo