banco de sangue
blog

15/08/2019

Porque o sangue O- é tão importante?

Visualizações: 5736

Já ouviu alguém falar que o sangue do tipo O negativo é muito importante?


Se ouviu falar é porque é verdade mesmo! Já vamos te contar o porquê.


Em termos gerais, no Brasil, apenas 9% da população possui esse tipo sanguíneo e infelizmente apenas 1,6% dos habitantes são doadores de sangue. Apesar de estarmos dentro da recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) de que 1 a 3% da população de cada país seja doadora, ainda assim apresentamos um percentual muito baixo, pois apenas 16 a cada 1.000 brasileiros doam sangue. =(


Em 2018 foram transfundidas mais de 15.000 bolsas de sangue em Caxias do Sul e hospitais conveniados, e o sangue de doadores O negativo pôde ser utilizado em qualquer paciente dentre essas milhares de bolsas utilizadas.


Neste ano o cenário piorou, e em relação ao mesmo período do ano passado, o índice de transfusões de bolsas do tipo O- aumentou em 40%. Isso quer dizer que quanto maior a demanda, mais necessidade de doações do tipo O negativo são necessárias, uma vez que pessoas que possuem tipo O negativo só podem receber sangue de doadores da mesma tipagem sanguínea.


Então se você é doador O- saiba mais como você pode ajudar!


E se conhece alguém que é deste tipo sanguíneo, indique para nós!


Tem sempre alguém precisando de sangue.

08/08/2019

5 benefícios do voluntariado para sua carreira

Visualizações: 2386

Pode até não parecer, mas o voluntariado é tão importante no seu currículo quanto sua formação e histórico profissional. Isso não quer dizer que a formação ou as passagens profissionais não sejam um dos principais e talvez mais importantes requisitos para sua valorização no mercado, mas experiências voltadas ao trabalho voluntário são mais bem vistas pelos recrutadores no contexto atual.
Isso porque além de trazer experiências pessoais motivadoras e inspiradoras, o voluntariado também envolve pontos chave voltados à carreira. Bora conferir os 5 benefícios elencados?


#1 Propósito de vida
Quando entramos em contato com outras pessoas, conseguimos enxergar melhor suas vivências e então, praticar a empatia. Desta forma, estamos conseguindo entender mais de nós mesmos, de quais são nossos objetivos, do que nos motiva, do que nos inspira e de qual o motivo estamos doando nosso tempo e talento. Assim sendo, com a melhor compreensão do propósito vem o almejo por uma carreira que seja alinhada a ele.


#2 Conhecimento e experiência
O trabalho voluntário nada mais é do que relacionar-se e aprender a lidar com outras pessoas em um ambiente parecido ao profissional, afinal de contas, a palavra “trabalho” compõe a expressão. É importante ter consciência quanto às diferenças encontradas nas atividades voluntárias, saber respeitar e claro, resolvê-las da melhor maneira possível.
Além disso, é em momentos como esse que pode-se desenvolver conhecimentos específicos dentro de um projeto, acesso a novas ferramentas, conteúdos, plataformas, etc.


#3 Senso de confiança e comprometimento
Mostrar seu comprometimento com uma causa é tratar do voluntariado com prioridade, capricho e dedicação para alcançar os objetivos que foram traçados. É um exercício constante que resulta em confiança. Reflete na carreira e nas relações dentro de outros ciclos.


#4 Visão global
A empatia gerada a partir das experiências traz uma visão mais ampla de mundo. Isso porque entendendo o que o outro passa você consegue tirar o foco do seu “próprio umbigo” e compreende as situações de maneira global. Essas ocasiões também afetam a questão emocional do ser humano, uma vez que são capazes de amenizar a ansiedade e estresse diante de cobranças próprias.


#5 Networking e relacionamento
Engana-se quem pensa que quem faz trabalho voluntário não tem preocupações e é desocupado. Na verdade, aqui está uma ótima oportunidade para aprender a relacionar-se com outras pessoas da melhor forma e, por que não, trocar experiências e fazer networking? O networking é um rico e glorioso canal que nos conecta com pessoas e profissionais que nem imaginamos o quanto pode agregar na nossa carreira.

01/07/2019

Ciclo do Sangue

Visualizações: 2112

Sabe qual caminho seu sangue percorre até salvar vidas? Neste infográfico apresentamos o passo a passo desde a sua doação até a transfusão em nossos pacientes.

28/03/2019

Frei Jaime conversa com a equipe do Banco de Sangue

Visualizações: 366

O Clube Corrente do Bem convidou esse mês para o bate-papo com a equipe do Banco de Sangue o Frei Jaime Bettega ! Satisfação e gratidão total por poder fazer um momento tão especial junto dos colaboradores trocando ideias sobre espiritualidade e trabalho! Além disso, pudemos ver mais de perto seu trabalho como idealizador do projeto Bazar do Bem, ação que estamos engajados como parceiros voluntários 🙂 Mais uma vez obrigada pela oportunidade dessa conversa e pelas palavras que deixaram a nossa manhã cheia de luz! #correntedobem #bazardobem

22/02/2019

Liege Francisco conversa com equipe do Banco de Sangue

Visualizações: 261

Gratidão é o nosso sentimento para esse bate-papo lindo que aconteceu aqui no Banco de Sangue com a nossa Equipe na manhã de ontem! A nossa convidada especial e ex-doadora de sangue Liège Francisco prontamente aceitou participar e conversar um pouco sobre sua trajetória como voluntária e também contou um pouco sobre o projeto Associação Criança Feliz, onde atua como presidente! Parabenizamos pelo lindo trabalho e dedicação, somos gratos por poder contar com pessoas de bem que fazem a diferença por onde passam! Muito obrigado, nossa conversa com certeza inspirou a solidariedade em todos nós! #correntedobem #criancafeliz #voluntariado

Topo