banco de sangue
blog

22/09/2017

Quais são os exames realizados no sangue doado?

Visualizações: 30942

São realizados exames de triagem para doenças infecciosas conforme legislação sanitária .São pesquisados doenças como HIV, Hepatite B e C, Doença de Chagas e Sífilis. Além de exames para identificar o tipo sanguíneo.
Os testes têm o objetivo de triagem e não de diagnóstico, por isso não devem ser interpretados como diagnóstico definitivo. Esta metodologia visa garantir a máxima segurança possível para quem vai receber a transfusão.
Os resultados dos exames podem ser retirados 30 dias após a doação do sangue pelo próprio doador ou por outra pessoa com documentação e autorização escrita e assinada.
Caso haja alguma alteração nos resultados, o doador é comunicado e talvez seja necessário repetir os exames, nunca se assuste pois os testes são muito sensíveis!
O doador com algum resultado de alteração nos exames é convocado por carta registrada para ser esclarecido e para coletar nova amostra.
O esclarecimento é feito por um dos médicos do Banco de Sangue, pessoalmente e de maneira individual. Os critérios utilizados na triagem clínica e sorológica dos doadores de sangue visam obter o sangue mais seguro possível para uso transfusional.

22/09/2017

Quais os cuidados após a doação?

Visualizações: 1025

Doar sangue é um processo bastante simples e muito seguro. Após a doação, você precisa:

- Permanecer no Banco de Sangue por pelo menos 15 minutos após sair da sala de doação;
- Manter o curativo por pelo menos quatro horas;
- Não carregar peso ou fazer qualquer esforço com o braço utilizado para doação;
- Não fazer exercícios e esforços físicos intensos no dia da doação por 12 horas;
- Alimentar-se bem após a doação;
- Ingerir líquidos em grande quantidade nas próximas 24 horas;
- Não fumar por pelo menos uma hora.

Caso você tenha algum efeito indesejável associado à doação, comunique o Banco de Sangue imediatamente, para que possa ser feita avaliação e orientação.

Telefones: (54) 3027-8600 (54) 99113-4710
E-mail: ouvidoria@bancodesangue.com.br

22/09/2017

Quais as etapas da doação de sangue?

Visualizações: 3132


Conheça melhor as 5 etapas da doação de sangue:

1ª - Cadastro do Doador
O processo de doação se inicia na recepção é realizado o cadastro do doador mediante a apresentação de documento oficial com foto.

2ª - Triagem Hematológica
Nesta etapa é realizado teste de hemoglobina para identificar a anemia, também são verificados os sinais vitais do doador( frequência cardíaca, pressão arterial, temperatura )

3ª - Triagem Clínica
O doador passa por uma entrevista com um profissional capacitado( triador) para avaliar seus hábitos comportamentais e suas condições de saúde. Este é um momento muito importante para que a doação seja segura. Nesta etapa, o triador também define o volume a ser coletado conforme peso do doador.

4ª - Coleta de Sangue-Doação propriamente dita
Depois de constatar que o voluntário está apto a doar, é realizada uma coleta de sangue. O doador é posicionado em uma cadeira semi-sentado, uma veia de um dos braços é puncionada e a coleta é realizada numa bolsa plástica que contém uma solução anticoagulante . Uma amostra do seu sangue é  coletado para a realização de exames de triagem sorológica( reste de seis doenças  pesquisa de grupo sanguíneo.

5ª Lanche
O lanche é servido após a doação para repor as necessidades nutricionais imediatas do doador, o mais importante é a reposição líquida. Nesse momento, é necessário permanecer   no mínimo 15 minutos  .

22/09/2017

Por que doar sangue?

Visualizações: 3498

O sangue humano não pode ser fabricado artificialmente, por isso, a doação é um ato de vital importância, e que ajuda a salvar vidas.

Veja alguns motivos para fazer sua doação de sangue:

- Uma doação pode salvar até quatro vidas
- O volume doado é reposto naturalmente pelo organismo em até 24 horas
- O doador não se expõe a nenhum risco de contaminação, pois todo o material é esterilizado e descartável
- Doar sangue não engorda, nem emagrece, não afina ou engrossa o sangue
- Não é preciso estar em jejum
- O procedimento de doação leva pouco tempo
- O volume coletado, por padrão internacional, é de apenas 450 ml
- O sangue doado é fundamental no tratamento dos pacientes
- Doar sangue é um ato humanitário, traz uma satisfação interior e faz bem a todos

Muitos pacientes podem ser beneficiados com o sangue que você doar:

- Vítimas de diversos acidentes
- Pacientes com câncer ou tumores
- Pacientes hemofílicos
- Pacientes que serão submetidos a cirurgias-
-Recém nascidos prematuros

E você sabia?

- Um em cada dez pacientes hospitalizados necessitam de transfusão sanguínea
- Um bebê prematuro necessita de 1 a 4 unidades de concentrado de hemácias (um tipo de componente sanguíneo) durante o período de internação
- As bolsas coletadas anualmente no Brasil, ao todo 3,5 milhões, são insuficientes para atender à demanda
- O ideal, segundo o Ministério da Saúde, seria alcançar 5,7 milhões de bolsas de sangue por ano

22/09/2017

Para quem vai o meu sangue doado?

Visualizações: 404


O sangue depois da doação necessita vários processos para estar apto a ser transfundido. Após cumprido estes requisitos os hemocomponentes ficam estocados e disponibilizados para os pacientes que estão internados em hospitais de Caxias e região, ou eventualmente que fazem transfusões ambulatoriais no Banco de Sangue ou em emergências dos hospitais. As especificidades técnicas, bem como de tipagem sanguínea vão definir o destino da doação.