banco de sangue
blog

22/09/2017

Transfusões de Sangue

Visualizações: 226

 

O Banco de Sangue de Caxias do Sul também realiza transfusões. Os casos mais comuns da necessidade de transfusão são quando o paciente esta em tratamento quimioterápico, em situações de internações em unidades intensivas  ou após grandes cirurgia. São duas as modalidades de transfusão de sangue realizadas pelo Banco.

Transfusão Intra-Hospitalar
Os hospitais de Caxias do Sul possuem cinco Agências Transfusionais com equipes do Banco de Sangue, onde são realizadas as transfusões intra-hospitalares. As equipes de profissionais que atuam nessas agências são capacitadas para realizarem os processos complexos que envolvem a transfusão de sangue. Isso garante a qualidade e segurança  do processo hemoterapico, desde a coleta até a transfusão.

Transfusão Ambulatorial
Existem casos de transfusão de sangue onde o paciente não tem a necessidade de ser internado em hospital. Nesse caso, o processo é realizado no ambulatório do próprio Banco de Sangue, com total segurança. Para que as transfusões ambulatoriais aconteçam, o paciente deve ter solicitação  médica e preferencialmente devera ter  agendamento prévio. Não são atendidas urgências no ambulatório.

22/09/2017

Quanto tempo dura a doação de sangue?

Visualizações: 47

Doar sangue é um ato muito importante e demora muito pouco. A coleta é feita rapidamente, levando aproximadamente 10 minutos. O procedimento completo, que inclui cadastro, pré-triagem, triagem, doação e lanche, leva em média de 45 minutos até uma hora, dependendo do fluxo de doadores no Banco de Sangue.
A doação de plaquetas leva no mínimo 90 minutos, o que exige um pouco mais de tempo do doador.

22/09/2017

Quais as etapas da doação de sangue?

Visualizações: 36


Conheça melhor as 5 etapas da doação de sangue:

1ª - Cadastro do Doador
O processo de doação se inicia na recepção é realizado o cadastro do doador mediante a apresentação de documento oficial com foto.

2ª - Triagem Hematológica
Nesta etapa é realizado teste de hemoglobina para identificar a anemia, também são verificados os sinais vitais do doador( frequência cardíaca, pressão arterial, temperatura )

3ª - Triagem Clínica
O doador passa por uma entrevista com um profissional capacitado( triador) para avaliar seus hábitos comportamentais e suas condições de saúde. Este é um momento muito importante para que a doação seja segura. Nesta etapa, o triador também define o volume a ser coletado conforme peso do doador.

4ª - Coleta de Sangue-Doação propriamente dita
Depois de constatar que o voluntário está apto a doar, é realizada uma coleta de sangue. O doador é posicionado em uma cadeira semi-sentado, uma veia de um dos braços é puncionada e a coleta é realizada numa bolsa plástica que contém uma solução anticoagulante . Uma amostra do seu sangue é  coletado para a realização de exames de triagem sorológica( reste de seis doenças  pesquisa de grupo sanguíneo.

5ª Lanche
O lanche é servido após a doação para repor as necessidades nutricionais imediatas do doador, o mais importante é a reposição líquida. Nesse momento, é necessário permanecer   no mínimo 15 minutos  .

22/09/2017

Por que doar sangue?

Visualizações: 30

O sangue humano não pode ser fabricado artificialmente, por isso, a doação é um ato de vital importância, e que ajuda a salvar vidas.

Veja alguns motivos para fazer sua doação de sangue:

- Uma doação pode salvar até quatro vidas
- O volume doado é reposto naturalmente pelo organismo em até 24 horas
- O doador não se expõe a nenhum risco de contaminação, pois todo o material é esterilizado e descartável
- Doar sangue não engorda, nem emagrece, não afina ou engrossa o sangue
- Não é preciso estar em jejum
- O procedimento de doação leva pouco tempo
- O volume coletado, por padrão internacional, é de apenas 450 ml
- O sangue doado é fundamental no tratamento dos pacientes
- Doar sangue é um ato humanitário, traz uma satisfação interior e faz bem a todos

Muitos pacientes podem ser beneficiados com o sangue que você doar:

- Vítimas de diversos acidentes
- Pacientes com câncer ou tumores
- Pacientes hemofílicos
- Pacientes que serão submetidos a cirurgias-
-Recém nascidos prematuros

E você sabia?

- Um em cada dez pacientes hospitalizados necessitam de transfusão sanguínea
- Um bebê prematuro necessita de 1 a 4 unidades de concentrado de hemácias (um tipo de componente sanguíneo) durante o período de internação
- As bolsas coletadas anualmente no Brasil, ao todo 3,5 milhões, são insuficientes para atender à demanda
- O ideal, segundo o Ministério da Saúde, seria alcançar 5,7 milhões de bolsas de sangue por ano

22/09/2017

Para quem vai o meu sangue doado?

Visualizações: 21


O sangue depois da doação necessita vários processos para estar apto a ser transfundido. Após cumprido estes requisitos os hemocomponentes ficam estocados e disponibilizados para os pacientes que estão internados em hospitais de Caxias e região, ou eventualmente que fazem transfusões ambulatoriais no Banco de Sangue ou em emergências dos hospitais. As especificidades técnicas, bem como de tipagem sanguínea vão definir o destino da doação.